27/05/2015

Rat Queens - Vols. 1 e 2 (#1-10) - Kurtis J. Wiebe; Ilustradores: Roc Upchurch, Stjepan Sejic

               

[narrador da sessão da tarde]: "Em um universo fantástico medieval (?), na cidade de Palisade, as quatro amigas:

formam o "adventure company" Rat Queens: em troca de dinheiro - e diversão, é claro -; elas resolvem qualquer problema: desde invasão de Ogros até infestações de Goblins. Prepare-se para muitas aventuras e confusões."

O primeiro volume apresenta ao leitor o universo e as personagens, começando a narrativa do arco maior da história; enquanto o segundo encerra esse arco e revela em mais detalhes o passado de cada uma das quatro Queens, construindo essas personagens a partir da premissa metafórica não exatamente original "elas lutam contra seres fantásticos, mas precisam, antes, vencer a batalha contra seus próprios monstros interiores".

O texto do Kurtis Wiebe é repleto de ironia, palavrões, drogas e piadinhas fáceis internet-friendly, e as ilustrações não economizam em imagens de violência, sexo e nudez (até frontal masculina, veja só). É puro escracho feito para garantir entretenimento rápido; sendo o maior chamariz a aparente proposta de apresentar uma fantasia protagonizada por personagens femininas fortes e independentes.


Eu me diverti bastante com o primeiro volume, mas acho que a qualidade cai um bocado no segundo: o humor perde o fôlego e parece forçado, a narrativa fica completamente mal engendrada e, o horror dos horrores, há uma troca de ilustrador com a qual não consigo me adaptar, pois fica a sensação de que aquelas não são mais as personagens que eu acompanhava.

Mas calma, já que a cereja do bolo na troca do ilustrador Roc Upchurch é que Rat Queens, um quadrinho cujo marketing é feito em cima de uma alegada representação feminina positiva e empoderadora, teve de substituí-lo - um rufar de tambores, por favor - porque ele fora preso por crime de violência doméstica. A piada está prontíssima, mas é tão sarcástica e execrável, que eu simplesmente não consigo lidar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário